O QUE DEUS ENSINA AOS PAIS – III

Falaremos, agora, e por último, do polêmico assunto ‘’palmada’’, hoje tabu. 05 – Diz o texto sagrado: ‘’Não deixe de corrigir a criança; umas palmadas não a matarão. Para dizer a verdade, poderão até livrá-lo da morte’’ – Provérbios 23:13,14 e ‘’E vós, pais, não provoqueis à ira a vossos filhos, mas criai-os na doutrina e admoestação do Senhor’’. Efésios 6:4. No conhecido 4º Mandamento (Honrarás o teu pai e tua mãe …) percebe-se que Deus orienta filhos, alunos, empregados e comandados à obediência das leis e normas, o que por sinal é muito bom, porque tranquiliza o comandado....

Leia Mais

O QUE DEUS ENSINA AOS PAIS – II

O artigo anterior tratou de alguns dos problemas da influência do ‘’politicamente correto’’, e que vieram a prejudicar a educação brasileira, quando lá o contrapomos com o assunto ‘’verdade’’. Neste texto agora, trataremos de mais três dificuldades, e as compararemos à luz da mensagem cristã, quando nos propomos discutir a questão da decoreba, da terceirização da educação e das aulas de religião, sendo que a palmada será abordada no próximo artigo. 02 – A decoreba, é uma outra palavra politicamente incorreta. ‘’Coloca, pois, estas minhas palavras no vosso coração e na vossa alma, e atai-as por sinal na vossa...

Leia Mais

O QUE DEUS ENSINA AOS PAIS – I

Entendemos que vivemos novos tempos no Brasil, uma condição que percebemos especialmente depois da última eleição presidencial em 2018. Contudo, o marco-início desta reviravolta deu-se em 2013, e aconteceu aqui no RS, em Porto Alegre, pelo questionamento ao aumento das passagens de ônibus, lembram-se disto? O que se seguiu após isto, foram manifestações nacionais na maioria das grandes cidades, acompanhadas de quebra-quebra, onde se destacaram os black blocs, quando mascarados, fizeram depredações. Importante é dizer que se houveram quebra-quebras, por outro lado houveram também grandes manifestações pacíficas, que somaram milhões de pessoas reivindicando melhorias, criticando autoridades, enaltecendo novas lideranças,...

Leia Mais

As vantagens da coronavírus. Pode?

O tempo em que vivemos tem as suas características próprias, e uma delas, talvez uma das principais, é a interconectividade. Uns 50 anos atrás, já naquela época, McLuhan preconizava que o mundo seria uma aldeia global, quando hoje se percebe mais claramente a profecia: algumas causas oferecem consequências imediatas, e repercutem instantaneamente em qualquer parte do globo, quando a maioria das cidades (e a maioria das pessoas do globo vivem nas cidades) estão conectadas através da internet. Os primeiros impactos mundiais deram início no ambiente do mercado financeiro, nas bolsas de valores, quando os comentários de queda ou de...

Leia Mais

PERSISTA!

Estimados formandos (*) No dia 03 de setembro de 1989, portanto, um pouco mais de 30 atrás, o Brasil descobriu mais um outro de seus grandes heróis. Ajudando a pilotar um avião que se desviou praticamente ao contrário de sua rota, o fatídico voo 254, Marabá-Belém, o Co-Piloto Nilson de Souza Zille demonstrou uma invejável perícia em enfrentar, e ultrapassar uma situação de extremíssima gravidade. Sem se deixar levar pelo grave erro – de direção da aeronave – informado pela VARIG e da arrogância e prepotência do seu Comandante, mesmo em plena desorientação inquietante do voo, sem contar a...

Leia Mais

Ousar é preciso, viver é necessário: em busca da felicidade fugidia

Não quero me acostumar a viver o óbvio, a não ousar. Não almejo ser exclusivo, porém desejo ser distinto, diferente dos que acreditam que viver na conformidade é o suficiente, o essencial. Escondem-se por trás da simplicidade da ignorância da vida, que não nos possibilita olharmos além do horizonte. Parece que vivemos numa caverna, assustando-nos sempre com as sombras; vítimas de nossos pensamentos, prisões que nos impedem de ousar. Criamos situações fóbicas, amparadas nas correntes dos nossos negativos pensamentos. E aí perdemos as forças para lutar… Acomodamo-nos. Não ansiamos mais… Eis que chegam os ciclopes e nos intimidam, aproveitam-se...

Leia Mais

A luta continua contra o inferno da Santa Ignorância

Quem se sujeita à provocação esta fadado a escutar despautérios, posições ímpares, consolidadas, ideologicamente fundamentadas, o brado do senso comum. A intenção daquele que passa pela Análise do Discurso e a Teoria da Argumentação como um estudioso é realmente provocar o diálogo, propor o Dialogismo como referiu-se Bakthin, exercitar os argumentos, rever posições, estar disposto a propor soluções e aprender com o outro. Retirá-lo da Zona de Conforto, hoje, não é tarefa fácil, principalmente em um País que os livros de autoajuda figuram entre os “best-sellers” , que o Google é o condutor de massas com suas verdades, que...

Leia Mais

Expectativas da Sociedade

A sociedade espera que você sucumba. Que os deslizes possam acontecer e seu sofrimento aflorar-se, pois a esta foi passado o caminho da competição, aquele em que será necessário vencer ao adversário, contar com seus tropeços, apresentar-lhe veredas se for possível (buscar-se-á ser possível) para que mais um seja o eliminado. Esta constatação brota num momento de profunda análise, não só através das leituras feitas, porém resultados de um percurso que começa com o nascimento e só se encerrará com o chegar da morte, e através desta trajetória que chamamos de vida (para Graciliano Ramos foi Vida Seca; para...

Leia Mais

Lembro-me…

Lembro-me das quatro estações definidas de maneira acentuada, pautada, apresentando através do seu poder natural começo, meio e fim. As flores ocupavam ao jardim florido da praça da Matriz, os ipês se diferenciavam-se: o amarelo, o rosa, o roxo, enfim, um mar de cores, uma mistura de cheiros, tamanha felicidade que parecia não ter fim. O verão provocava aos corpos, era um momento de exibição. Apenas os nomeados como esculturais? Que nada, o corpo era absorvido como um elemento de atração, havia as diferenças sim, todavia… O Sol era imponente, logo pela manhã os seus raios eram soberanos, vitais...

Leia Mais